Todos conhecem o famoso ditado “é melhor prevenir do que remediar” e, no caso da revisão é exatamente isso.

Realizar a revisão periódica das motos é extremamente necessário não só por questões de segurança, mas também de vida útil da moto.

Saiba a importância da revisão periódica

A periodicidade varia de cada modelo e fabricante. Na maior parte das vezes, precisa ser feita a cada seis mil quilômetros de rodagem.
Existe um grande número de motociclista que, por diversos motivos, adiam a revisão. Isso é um grande erro, colocando em risco não só a sua vida, mas também a das outras pessoas que estão nas estradas.
A revisão periódica serve também como preventiva. Como o próprio nome diz, é realizada para prevenir possíveis problemas que, ao serem detectados logo no início, podem sair muito mais barato do que ao serem percebidos quando a moto começar a dar sinais de mau funcionamento.

Independente do tempo de uso da moto, a revisão é algo inevitável e que precisa ser feita. Ela pode ser feita em concessionárias autorizadas pelo fabricante da moto ou por oficinas. Não é preciso esperar dar o tempo ou quilometragem necessário para realizar pequenas revisões durante o dia a dia.
Criar uma rotina em que você sempre cheque os pneus, rodas, correntes e outros itens da sua moto pode reduzir problemas e prevenir alguns.

revisão

O que é preciso verificar na revisão diária e periódica:

Pneus

Ao menos uma vez por semana, dê uma olhada no estado dos pneus. Com a correria do dia a dia, podemos não nos dar conta dos lugares que passamos e, sem querer, entrar um prego ou caco de vidro no pneu. Outro ponto importante, é a verificação da calibragem dos pneus, pois o excesso de peso pode aumentar o consumo. Geralmente a recomendação de calibragem correta vem no manual. Não se esqueça de verificar se não está vazando ar das rodas!

Gasolina e troca de óleo

Quando realizar a revisão preventiva em uma oficina, sempre preste atenção ao óleo usado.
Alguns óleos possuem uma capacidade maior de duração. Para motos populares, o óleo recomendado é o sintético e sua troca deve ser realizada a cada mil quilômetros.
Caso perceba algum som estranho no motor, sempre verifique o nível do óleo. Pode ser que esteja abaixo do que é recomendado pelos manuais.

Corrente

A cada sete dias ou a cada 500 quilômetros rodados, lubrifique a corrente com óleo ou graxa e aumente sua durabilidade.
É importante usar as substâncias corretas. A graxa normal e solventes são extremamente prejudiciais, pois ressecam as correntes.
Além da lubrificação, é importante realizar a regulagem. Caso a corrente esteja folgada, ela pode escapar e travar a roda.

Além destes pontos, é importante que durante a revisão periódica sejam verificados os freios, parafusos, luzes, cabos, comandos, bateria, condições do tanque de gasolina e pé de descanso lateral.

Ao combinar as etapas de revisão periódica e a manutenção regular realizada no dia a dia, o motociclista evita problemas e ainda garante a melhor performance nas estradas.

A Rafa Motos, além de ser um dos maiores e-commerces de peças e acessórios, também oferece revisões para todos os orçamentos e necessidades. Saiba mais clicando aqui!

Veja mais dicas em nosso blog clicando aqui!

Relacionados

Conheça nosso ecommerce

Acessar